Retrato de uma mulher mostrando sua força

Elas estão por toda a parte. Basta ligar a televisão ou acessar alguma página de jornal ou revista para se deparar com campanhas publicitárias colocando as mulheres como protagonistas ou como público-alvo principal. Além disso, o assunto também faz parte de noticiários, postagens em redes sociais e até entrevistas com celebridades e artistas. Ou seja, não há dúvida de que o empoderamento feminino influencia no marketing das empresas nos dias atuais. Pelo menos, deveria.


Apesar de parecer, o assunto não é nenhuma novidade para as mulheres. Desde a revolução francesa, em 1793, elas se manifestam e se unem em busca de direitos iguais, respeito e oportunidades. Com o passar dos anos, ideias e pensamentos foram se unindo e se adaptando ao momento contemporâneo. As mulheres atuais evocam o direito a educação, ao voto, mesmas condições de trabalho, segurança, liberdade e menos violência. 


Mas, afinal, por que isso está acontecendo e o que isso tem a ver com o seu negócio? Antes de mais nada, não há como descolar o termo empoderamento das mulheres do próprio feminismo. Trata-se de um despertar mundial, que surge com cada vez mais força e impulsionado, ente outras coisas, pelo movimento #metoo nos Estados Unidos, que tomou Hollywood e se espalhou tomando proporções internacionais. 


Exatamente por isso que o feminismo e o empoderamento feminino se tornaram importantes e passaram a influenciar cada vez mais o marketing e a comunicação das empresas com seus consumidores. Afinal de contas, segundo o IBGE, as mulheres no Brasil hoje correspondem a 51,8% de toda a população. Destas, 54,5% estão no mercado de trabalho e muitas delas são responsáveis pela maior fatia de renda das residências, sem contar os lares nos quais homens adultos com idade para trabalhar não estão presentes ou se encontram desempregados.


E não para por aí. Segundo pesquisas de mercado e comportamento, são elas que tomam as decisões de consumo dentro de casa, mesmo que não sejam responsáveis pela renda familiar. De acordo com um levantamento feito em 2018 pela Nielsen, empresa mundial de pesquisas e análise de consumo, as mulheres brasileiras tomam as decisões de compra em 96% dos lares, escolhendo marcas, preços e até os pontos de venda onde cada produto será adquirido. 


Portanto, ignorar um movimento social de tamanha importância pode afastar a imagem da marca de seus consumidores e, além disso, afetar a lucratividade de uma empresa. Pensando desta forma, é fácil perceber que ainda existe um longo caminho entre o que é comunicado pelas empresas e como o consumidor está percebendo estes valores. O que pode ser visto como um grande problema ou, para empresários mais antenados, uma excelente oportunidade de incrementar vendas e melhorar o alcance da marca. 


Como incluir o empoderamento feminino no marketing do seu negócio


Primeiro, é preciso ficar claro que empoderamento feminino não se resume a imagem de uma mulher que se sente bonita e confiante ou até desejada pelos homens. Ainda há muita confusão com o termo empoderamento feminino, que acabou ficando reduzido às características físicas das mulheres e de como elas são percebidas pelo público masculino. O movimento social e toda a conscientização que vem ocorrendo na mente de homens e mulheres vai muito além disso, e se informar sobre o assunto se faz cada vez mais importante para se compreender mais a fundo esta questão.


Infelizmente muitas marcas ainda não se deram conta e continuam criando conteúdos e campanhas que colocam a mulher nesta situação, mesmo que apareçam como protagonistas da peça. Ou seja, tentam maquiar uma preocupação com o que a mulher pensa, mas ainda não foram capazes de deixar de lado o olhar voltado somente a forma como os homens compreendem a sociedade.


Não basta somente falar de ou sobre mulheres. Para que o resultado de uma campanha de marketing seja realmente atrelado ao empoderamento feminino, e percebido desta forma, é preciso realizar uma pesquisa com o seu mercado consumidor de modo a entender quem é a mulher com quem sua empresa deseja se comunicar e quais são as principais reivindicações ou desejos dentro deste novo contexto. A linguagem, a mensagem e até os canais nos quais o conteúdo ou publicidade serão veiculados também são extremamente importantes para o resultado final.


Não basta fingir que o empoderamento da mulher é importante para o marketing da sua empresa. É preciso de verdade comunicar haver uma preocupação real com a satisfação de suas necessidades e anseios. O objetivo é deixar claro de que há uma vontade de transformar a sociedade em lugar mais justo e seguro para elas e a melhor forma de fazer isso é através do reconhecimento da capacidade das mulheres, de sua inteligência e independência em tomar decisões. 


Pode parecer uma tarefa muito complicada de ser atingida ou até um pensamento muito abstrato para ser colocado em prática. Ou pode parecer ainda que seja preciso falar diretamente sobre o feminismo, empoderamento feminino em suas campanhas, peças publicitárias ou conteúdo de marketing. Mas, na verdade, não é nada disso. De uma forma bem simples, basta olhar como a mulher e sua imagem, estão sendo consideradas pelo marketing da sua empresa. Você pode começar respondendo a algumas perguntas simples:


1. A igualdade de gênero faz parte do cotidiano na minha empresa?


2. As mulheres aparecem nas campanhas e peças publicitárias da minha empresa?


3. Em que posição estas mulheres aparecem? Tomando decisões e resolvendo problemas ou somente sendo salvas por um homem que “explica” tudo para elas? Elas aparecem em posições de liderança e destaque em mesmo número que os homens?


4. Que tipo de linguagem a empresa utiliza para se comunicar com o público? Voltada para todos os gêneros?



Outra forma muito fácil de alcançar estes objetivos de verdade é dar voz a quem consegue entender a fundo estes anseios diariamente. Como? Através da contratação de mulheres tanto para a produção de conteúdo como também para ocupar posições-chave e de liderança em sua empresa. Nada melhor do que uma mulher para falar com outra, não é mesmo? Verifique se sua equipe de marketing possui mulheres em sua equipe e se elas possuem as mesmas oportunidades de opinar e sugerir ideais do que os homens. 


A RedaWeb está sempre de olho nas tendências de marketing e no comportamento dos consumidores dos mercados nos quais nossos clientes atuam. Por isso, temos um grupo seleto de redatoras femininas dispostas a ajudar o seu negócio a se comunicar ainda melhor com o seu público sem deixar de lado, assuntos em voga. 


Para saber mais e conhecer nossos planos de produção de conteúdo, acesse o site da Redaweb ou converse com nossos especialistas por meio do número: 0800-750-5564.