Descrição Nesta guia da RedaWeb você vai aprender o que é Marketing de Conteúdo e como ele pode ajudar sua empresa a gerar mais leads! Confira...

De acordo com várias pesquisas realizadas com agências e profissionais de marketing, o marketing de conteúdo pode ser até mais de 60% mais barato do que as campanhas tradicionais de marketing e, mesmo assim, é capaz de gerar o triplo de leads por cada real investido. Não é à toa que cerca de 90% dos profissionais da área de marketing B2B utilizam esse tipo de estratégia. Em 2019, calcula-se que tamanho do mercado de marketing de conteúdo será de 300 bilhões de dólares no mundo todo, com crescimento acima de 10% por ano. Esses são alguns dos números que revelam que o marketing de conteúdo é uma tendência atual na qual as empresas devem prestar atenção se quiserem conquistar um bom posicionamento de mercado.

O que é marketing de conteúdo?


Consiste em toda e qualquer estratégia de marketing que seja focada na produção e compartilhamento de informações, sobretudo na internet, por meio de blogs, sites e redes sociais. A ideia é que a empresa não se limite a promover seus produtos e serviços com mensagens simples de incentivo ao consumo, mas sim que contribua com a formação e orientação do seu público-alvo, ao divulgar assuntos que sejam verdadeiramente relevantes e bem elaborados.

Logicamente, o objetivo final do marketing é promover a empresa ou a marca e, consequentemente, valorizar a imagem que ela possui e aumentar as vendas. No caso do marketing de conteúdo, não é diferente: a ideia também é comercializar os produtos ou serviços e criar interesse neles por parte do público-alvo, mas usando a informação para obter esse resultado.

O sucesso do marketing de conteúdo baseia-se, e muito, nas exigências dos próprios consumidores. Com o aumento da concorrência entre as marcas e das suas possibilidades de escolha, os consumidores esperam muito mais das empresas com relação aos métodos de divulgação. Ou seja: uma empresa que mostre os motivos pelos quais o seu produto pode fazer a diferença na vida de quem compra está muito a frente daquela que diz para o cliente comprar apenas porque está mais barato, por exemplo.

Desse modo, as informações que são produzidas e divulgadas dentro do marketing de conteúdo são referentes à empresa e seus produtos, mas não de uma forma direta. Por exemplo: uma marca de cosméticos pode compartilhar conteúdo sobre tendências de beleza, maquiagem certa para cada ocasião e outros nesse sentido, citando seus produtos de forma oportuna e discreta.


Estatísticas que comprovam o sucesso


Além dos números citados no início do artigo, existem vários outros que comprovam como esse tipo de marketing vem ganhando espaço e, sobretudo, os benefícios que ele pode trazer a sua empresa. Veja alguns deles:

  • Conteúdo personalizado é o futuro do marketing na concepção de 78% dos diretores de marketing;
  • Mais de 85% das empresas que trabalham com B2C já estão investindo em marketing de conteúdo;
  • Estima-se que, de modo geral, os empresários invistam 25% do orçamento nesse tipo de estratégia;
  • 75% do público em geral diz não confiar em anúncios publicitários. Por outro lado, 90% aprecia a produção de conteúdo personalizado;
  • 60% do público revela se sentir mais confiante para realizar uma compra depois de conferir os conteúdos compartilhados por aquela marca;
  • 65% das pessoas que usam as mídias sociais pesquisam para aprender mais sobre os produtos e serviços que consomem.

Essas estatísticas demonstram algo importante: uma empresa que pratica marketing de conteúdo passa uma imagem de autoridade, ou seja, na visão do público, aquela marca entende muito mais dos bens que comercializa, o que faz com que a confiança necessária para a compra aumente consideravelmente.


Principais ferramentas de marketing de conteúdo

O e-mail marketing era, há muito tempo, um canal de vendas diretas, mas agora tem sido utilizado como ferramenta para a divulgação de conteúdo. Por meio dele, a empresa pode mandar as informações que apurou e elaborou diretamente para os seus clientes existentes ou em potencial e quanto maior for a pessoalidade melhor. Por isso, se possível, o e-mail marketing deve ser personalizado com o nome do destinatário e, como remetente, colocar o seu nome é muito melhor do que incluir o nome da empresa.

Outra estratégia muito eficiente é o blog, que normalmente está vinculado ao site da empresa. Mas, para que ele funcione, é preciso considerar alguns aspectos: as atualizações devem ser frequentes, pelo menos uma vez por semana; o layout deve ser planejado para o seu público-alvo; os conteúdos devem ser trabalhados de forma criativa e pessoal. Utilize as estratégias de SEO no blog, para impulsionar a busca orgânica e deixar a página bem posicionada no Google.

Um dos grandes focos do marketing de conteúdo é a geração de engajamento, ou seja, produzir conteúdo que seja interessante a ponto de os próprios consumidores compartilharem com as suas redes de amigos. Para isso, as redes sociais são imprescindíveis! Por meio delas, o empresário pode divulgar os links do blog e até publicar informações específicas, buscando interação com os seguidores.

A produção de vídeo é também uma boa ideia. O audiovisual consegue atrair a atenção do público com mais eficiência, mas para isso, o vídeo precisa ser bem produzido, descontraído e, principalmente, sucinto: produções com mais de três minutos já não são tão interessantes.


Dicas para criar uma estratégia de marketing de conteúdo


Distribuição é tão importante quanto produção! Escolha os melhores canais de divulgação. Não adianta você manter apenas um perfil no Instagram se essa rede social não condiz com as características do seu público. Um bom conteúdo se perde se não for bem distribuído;

  • As pessoas não têm muito tempo, portanto, você deve atrair a atenção delas já no título, seja do e-mail, do post no blog, do vídeo, ou da foto. Seja criativo;
  • A empresa deve estar aberta ao diálogo, portanto, responda os comentários, críticas e sugestões dos leitores;
  • No blog, sempre que possível, faça um link entre artigos atuais e mais antigos. Evite conduzir o leitor para páginas externas, porque pode ser que ele não volte mais para a sua;
  • Quando for trabalhar com textos, invista em subtítulos, frases e parágrafos curtos, tópicos, listas e outras estratégias que os tornem mais agradáveis e facilitem a leitura.

Planejamento é a chave para o sucesso de qualquer estratégia de marketing, inclusive as que são pautadas na produção de conteúdo. Nos planos mensais da RedaWeb, você conta com uma consultoria em marketing de conteúdo e tem também a disposição em seu painel uma seção dedicada ao planejamento e cronograma de execução de ações de sua campanha de marketing de conteúdo. Cadastre-se agora na RedaWeb para melhorar suas estratégias de marketing de conteúdo.